Assembleia de Deus - Congregação Cidade Ademar 2 Setor 08 - Ministério do Belém

Rua Doutor Márcio Martins Ferreira, 68
São Paulo, SP.
04405-060

contato@adademar2.com.br

Josué - perfil de líder

14/09/2013 09:43

Josué 6:27

Vivemos tempos de séria crise de liderança no mundo, em todas as áreas das atividades humanas, inclusive na cristã. Os diversos modelos humanos adotados têm demonstrado amplo fracasso. O caos vai se estabelecendo e as comunidades se sentem inseguras e desorientadas. Na história essa situação se tem repetido com sérios danos à sociedade em suas diversas nuances. O surgimento de líderes autênticos tem trazido, vez por outra, reversão desse quadro tenebroso. A história do povo de Israel nos traz fortes e claros exemplos disso, quando, pela intervenção de Deus, verdadeiros líderes se levantaram para mudar o curso desastroso da sua história e levar o povo a uma experiência nova de redenção e vitória, de real “salvação” da sua deplorável condição moral, civil, social e espiritual.

Notável exemplo é Josué. Seu nome “Oseias” (Número 13:8) significa “salvação”. A ele é prefixada uma abreviatura do nome pactual de Deus (Javé), por isso significa “Deus é Salvação”. Josué era um líder autêntico que serviu sempre ao agrado de Deus, na realização correta do plano de Deus, para bênção exclusiva do povo de Deus. Por isso “era o Senhor com Josué: e corria a sua fama por toda a terra”.

Nesta breve crônica vamos mostrar sete características do seu perfil de líder:

I - Um discípulo verdadeiro sempre disposto a aprender e a servir, por isso, sempre confiável:

a) Na vitória sobre Amaleque: “com isso ordenou Moisés a Josué: escolhe-nos homens, e sai, peleja contra os amalequitas” (Êxodo 17:9). Josué era nascido no Egito e pode ser que tenha servido no exército de Faraó. Era militarmente qualificado para comandar as forças israelitas contra os amalequitas em Refidin. Verdadeiros líderes são os que se qualificam corretamente, dispostos sempre a aprender, servindo com humildade, submissão e fidelidade, em todo o tempo. Por isso tornam-se confiáveis perante o Senhor, por Ele podendo ser escolhidos para a efetiva liderança. Constata-se isso nas seguintes passagens: v. 10... “fez Josué como Moisés lhe disse”; v. 13... “Josué desbaratou a Amaleque e a seu povo”; v. 14... “Disse o Senhor a Moisés: Escreve isto para memória num livro, e repete-o a Josué”.

b) Servidor de Moisés. Como dissemos acima, era Josué servidor humilde, submisso e fiel, em todo o tempo. Sua condição de servidor de Moisés se vê em Êxodo 24:3... “subiu ao monte de Deus com Moisés”; foi atendente pessoal de Moisés no monte Sinai. Só ele teve esse privilégio. Ficou 40 dias e 40 noites na presença de Deus.

c) Escolhido como representante da tribo de Efraim para espiar Canaã com outros onze espias (Números 14:6-9). Isso demonstra a sua condição de “confiável” para uma importante missão.

d) Antes da morte de Moisés foi comissionado diretamente por ele para ser o seu sucessor (Números 27:18-23).

e) Chamado pelo Senhor no tempo certo (Josué 1:1-2; Deuteronômio 31:23). O Senhor não só escolhe o líder, mas tem o tempo certo para a sua comissão.

II - Um homem de fé, confiante em Deus (Hebreus 11:6). Vejam algumas situações onde essa qualificação excepcional do líder se demonstra:

a) No mar da incredulidade do povo: “Se o Senhor se agradar de nós, então nos fará entrar nessa terra, e no-la dará” (Números 14:8).

b) Nas batalhas mais árduas e difíceis: “O Senhor vosso Deus já vo-lo entregou na vossa mão” (Josué 10:19, vejam também o versículo 25).

c) - A sua palavra de fé: Fez a lua e o sol pararem, aumentou o período do dia (Josué 10:12-13).

III - Um homem de ação pronta e corajosa. Várias características do seu modo de agir como líder são notadas:

a) Organizado (Josué 1:10; 3:1-3);
b) Estratégico (Josué 2:1);
c) Envolvendo os outros no trabalho (Josué 8:3-13).

O resultado positivo disso é testemunhado em Josué 4:14... “Naquele dia o Senhor engrandeceu a Josué na presença de todo o Israel: e respeitaram-no todos os dias da sua vida, como haviam respeitado a Moisés”.

IV - Um homem preocupado com a santidade em todas as circunstâncias:

a) Na travessia do Jordão: “Santificai-vos, porque amanhã o Senhor fará maravilhas no meio de vós” (Josué 3:5).

b) Não tolerava o pecado (o pecado de Acã): “Dispõe-te, santifica o povo, e dize: Santificai-vos para amanhã, porque assim diz o Senhor Deus de Israel: Há coisas condenadas no vosso meio, ó Israel: aos vossos inimigos não podereis resistir enquanto não eliminardes do vosso meio as coisas condenadas” (Josué 7:13, vejam também os versículos 24-25).

c) Exortando o povo no fim de sua missão: “não vos mistureis...” (Josué 23:7); “deitai fora os deuses...” (Josué 24:14).

V. Um homem preocupado com a observância fiel à Palavra de Deus:

a) A recomendação do Senhor - Josué 1:7-8 - Aí vemos como tudo começou;
b) A importância da leitura abrangente, total e constante - Josué 8:34-35;
c) Exortando e estimulando o povo à observância fiel da Palavra:

  1. Guardar com diligência a Palavra - Josué 22:5;
  2. Amando o Senhor da Palavra - Josué 22:5 (vejam também 23:11);
  3. Andando nos caminhos do Senhor revelados na Palavra – Josué 22:5;
  4. Achegados a Deus - Josué 22:5;
  5. Servindo a Deus de todo o coração e alma - Josué 22:5;
  6. Praticando a solidariedade fraterna - Josué 22:8;
  7. Esforçando-os a não se apartarem da Palavra - Josué 23:6.

VI. Um homem preocupado com a devoção ao Senhor:

a) Orando - Josué 7:7 e seguintes.

b) Louvando - Deuteronômio 32:44. Josué participou do cântico de Moisés conforme vemos em Deuteronômio 31:19... “escrevei para vós outros este cântico...”. O verbo aí está no plural. Moisés e Josué são comissionados a escrever um cântico.

c) Adorando - Josué 8:30. Depois da conquista de Ai, edificou um altar ao Senhor.

VII. Soube conduzir o povo à escolha certa e definições corretas - Josué 24:14-15:

a) “Temei ao Senhor”;

b) “Servi ao Senhor com integridade e fidelidade”;

c) “Deitai fora os deuses...”.

Josué oferecia como estímulo, o seu próprio exemplo: “Eu e minha casa serviremos ao Senhor” (Josué 24:15). Vejam o resultado na atitude do povo: v. 16, “longe de nós o abandonarmos o Senhor”; vs. 18-21, “serviremos ao Senhor”; v. 24, “obedeceremos a sua voz”.

Conclusão: “Serviu, pois, Israel ao Senhor todos os dias de Josué, e todos os dias dos anciãos que ainda sobreviveram por muito tempo depois de Josué, e que sabiam todas as obras, feitas pelo Senhor a Israel” (Josué 24:31). Notável resultado da atuação de um líder com o perfil de Josué!

 

Fonte: Escrito por Jayro Gonçalves