Assembleia de Deus - Congregação Cidade Ademar 2 Setor 08 - Ministério do Belém

Rua Doutor Márcio Martins Ferreira, 68
São Paulo, SP.
04405-060

contato@adademar2.com.br

LIÇÃO - 9 A VIDA PESSOAL DO OBREIRO

06/04/2014 20:15

TEXTO – 1
o obreiro e a literatura que lê
Dentre os muitos assuntos tratados neste livro, este é um dos que sentimos o dever de tratar com o máximo cuidado, visto ser um assunto que está arraigado na nossa própria constituição e consciência denominacional.

A - Uma Análise Necessária

É impossível sermos coerentes com a verdade, sem termos de admitir que por muitas décadas, de uma ou de outra forma fomos ensinados a desprezar qualquer tipo de literatura que não importando quão bíblica se dissesse que essa literatura era. Nesse zelo sincero, porém sem entendimento, muitos de nós aprendemos que consistia numa falta de fé e de espiritualidade ler qualquer outra literatura que não fosse a Bíblia.

B – O que Isso Mudou

Indiscutivelmente a grande transformação social e cultural pela qual tem passado o mundo nestas últimas duas décadas, tem levado a Igreja e os seus líderes a admitirem que eles também contribuem para que coisas novas aconteçam a cada momento, sem constituírem inovação antibíblica.
Há atualmente um acentuado interesse dos nossos obreiros pela literatura evangélica dum modo geral, inclusive insistindo para que os crentes se dediquem à leitura da literatura comprovadamente edificante. O que é interessante em tudo isto é que a leitura da Bíblia não tem perdido a sua essencialidade. Os crentes lêem livros, revistas, jornais, panfletos, porém têm sempre a Bíblia como leitura principal.
Antes, um obreiro que possuísse mesmo que fosse uma pequena biblioteca, corria o risco de ser tido como pregador modernista; isto de tão raro é se conhecer um obreiro que não tenha seus bons livros, uma assinatura de uma revista ou de um jornal evangélico.

C - Aprendendo Com Paulo

Paulo, o mais culto dos escritores do Novo Testamento, estava encarcerado em Roma, aguardando o momento do seu martírio quando escreveu a Timóteo, seu fiel companheiro no ministério:
“Quando vieres, traze a capa que deixei um Trôade em casa de Carpo, bem como os livros, especialmente em pergaminhos“ (2 Tm 4:13) .
A opinião mais comum entre os mais abalizados comentadores da Bíblia é que “os pergaminhos” aos quais Paulo se refere, eram manuscritos de livros do Antigo Testamento, enquanto que “os livros“ poderiam ser comentários judaicos a respeito dos mesmos. Muito interessante observar como Paulo apreciava “os livros”, sem contudo desprezar “os pergaminhos”, aos quais preferia acima de tudo.

TEXTO – 2
Tem cuidado de ti mesmo
Escrevendo ao jovem pastor Timóteo, disse o apóstolo Paulo: “Tem cuidado de ti mesmo . . .” (1Tm 4:16). Não podemos duvidar de que a vontade do Espírito Santo é que estas palavras também estejam constantemente diante de nós, obreiro cristãos dos dias atuais. Se isto é verdade, vem ao caso perguntar: No que devemos ter cuidado quanto a nós mesmos? Entre as muitas áreas da nossa vida, com as quais devemos ter cuidado, por questão de espaço, vamos enfocar algumas apenas.

A . Cuidado Com a Saúde

A saúde é a maior patrimônio físico que Deus tem nos outorgado. Ela se constitui num bem inigualável, que uma vez perdido, dificilmente será reencontrado. Apesar de tudo isto quanto aqui temos dito a respeito do valor da saúde, é estranho como muitos de nós obreiros tratamos do problema da nossa saúde. Estudando o assunto concluímos que isto acontece pela razão seguinte:
Enquanto isto, aqueles que trabalham com Deus, pensam e agem diferentes. Para eles Deus não é um patrão apenas, Ele é seu Pai, Companheiro, Amigo dócil e compreensivo. Ele quer não só o trabalho do Seu servo, Ele quer também a amizade, a companhia a saúde e o bem-estar do Seu servo.
Independente de qualquer outra coisa, a bem da saúde, será interessante que o obreiro, sempre que possível, procure preservar a sua saúde. Um pouco de senso e aplicação comum evitará problemas físicos. Comida sadia como legumes, frutas e carnes com pouca gordura devem fazer parte das suas refeições. Pouco sal e açúcar também são importante para o bem-estar do corpo.
Dormir bem é vital à saúde. Devemos descansar oito horas por noite, conforme somos instruidos pelos médicos. Médicos podem ajudar; outrossim, não devemos evita-los. E quando necessário tomar os remédios que eles nos receitam, seguindo rigorosamente suas instruções. 

B . Cuidado Com o Sexo Oposto

Poucas áreas do ministério requerem tanta vigilância do obreiro cristão quanto aquela que esta afeta ao seu relacionamento com as filhas de Eva. Apesar disto, a mulher é indispensável para o seu bem-estar pessoal, seu ministério, seu êxito e felicidade. Reconhecidamente, não há ternura igual à do coração duma boa mulher.
O obreiro cristão precisa ter cuidado para não se exceder nas suas ações e demonstrações de afeto com as mulheres. Deve também evitar falar com elas com demasiada liberdade, evitando por exemplo, segurar-lhes a mão o tempo mais que o necessário quando tiver de cumprimentá-las.
As senhoras mais idosas devem ser tratadas pelo obreiro, como se fosse sua mãe; as da sua faixa de idade, como se fossem suas irmãs carnais; e as mais novas como se fossem suas próprias filhas. Deve repreendê-las sempre que se fizerem repreensíveis; cuidado, porém, com as aparências más que sempre terminam em prejuízo para o seu ministério.
Sempre que tiver de tratar de algum assunto com uma irmã, que o obreiro tenha o cuidado de se fazer acompanhar da sua esposa ou de um obreiro da sua confiança. Isto ajudará no sentido de que nenhuma suspeita seja levantada contra a moral do obreiro, como também lhe dará livre curso entre os demais membros da igreja. 

 

Autores

Pastores Jorge Albertacci e Valdeir Pereira dos Santos