Assembleia de Deus - Congregação Cidade Ademar 2 Setor 08 - Ministério do Belém

Rua Doutor Márcio Martins Ferreira, 68
São Paulo, SP.
04405-060

contato@adademar2.com.br

Mulheres - Menstruação: um evento feminino importante

19/08/2013 17:21

Mulheres - Menstruação: um evento feminino importante

A informação sobre o momento fisiológico que corresponde à menstruação tem sido ao longo dos tempos um motivo de curiosidade e controvérsia muito presente e envolvente, nesse sentido elencamos alguns tópicos sobre o assunto que valem ser conhecidos para uma melhor noção e esclarecimento:

 

01. A menstruação (que é um fenômeno fisiológico periódico que marca uma das etapas do ciclo menstrual das mulheres, correspondendo ao fim dos preparativos uterinos em vista de uma possível prenhez, mas que não teve lugar) tem um significado clínico de grande valor, ou seja, sinaliza o potencial de possibilidade reprodutiva da mulher. A supressão desse acontecimento tem lugar quando por motivos terapêuticos se induz a amenorréia (falta de menstruação) para correção de alguma patologia (endometriose, hemorragias disfuncionais com repercussão hematológica (anemias)).

02. A menstruação possui um significado característico da mulher, pois apenas ela (exceto as fêmeas de alguns outros primatas) apresenta essa capacidade de sangramento. Por isso a importância da menstruação tem uma conotação de naturalidade muito aceita e desejada pela grande maioria das mulheres, e com que , como ginecologista, concordamos e valorizamos.

03. Os métodos supressores da menstruação são variados conforme os motivos e indicações para seu estabelecimento. Existem medicamentos diversos (pílulas, injetáveis, implantes), cujo custo também é muito variável e, portanto, supostamente, acessível em maior ou menor escala para as diferentes condições aquisitivas das pacientes.

04.Em nosso consultório temos sempre, desde que existam condições para se discutir com a cliente, procurado uma conduta de consenso, para definir a melhor solução. As queixas mais freqüentes são referentes á dismenorréia (menstruação dolorosa), perdas sangüíneas abundantes (polimenorragia), entre outras.

05. Os benefícios ou malefícios dizem respeito diretamente aos problemas vivenciados (queixas) que a cliente relata, ou seja, são bônus nas soluções ou ônus nos efeitos colaterais que possam advir. Vale citar as contra indicações absolutas para o uso dos implantes (como de outras medicações hormonais), o risco de tromboembolismo ativo, sangramentos não diagnosticados, existência de tumores benignos ou malignos do fígado, câncer de  mama; já as contra indicações relativas incluem a hiperlipedemia familiar, depressão, distúrbios metabólicos, obesidade, hipertensão arterial, entre outras. Uma outra situação que também se leva em conta é o aspecto estético quando se usam os implantes, já que são visíveis e palpáveis, podendo dessarte serem denunciados aos que virem essa situação, nem sempre desejável para a pessoa que a utiliza.

06.O ganho de peso nas usuárias de anticoncepcionais,  quaisquer que sejam, em geral trazem esse transtorno ponderal.

07. O retorno à fertilidade costuma ser  usual após a interrupção dos métodos anticoncepcionais, em maior ou menor tempo após sua interrupção de uso.

08. A menstruação é assunto fértil para inúmeras lendas e fantasias ao longo do tempo, mas que uma vez conhecido o processo fisiológico que a envolve não tem lugar para essas dúvidas e temores, tais como um muito disseminado receio que é a subida do sangue catamenial para a cabeça da mulher, ou a proibição de se lavar a cabeça quando ela esta menstruando...

09. Particularmente entendemos que a menstruação é um momento fisiológico saudável, até porque com o melhor conhecimento do papiloma vírus (HPV), que tem tropismo pelas células genitais, incluindo o endométrio, e considerando suas variantes oncogênicas, o descamar endometrial poderia estar eliminando uma possibilidade neoplasica quando esse endométrio funcional é eliminado na menstruação.

10. Os métodos supressivos da menstruação são recomendados para as pacientes que possuem indicações para serem incluídas nessa condição (amenorréia induzida) conforme citamos inicialmente.

11. O tempo de amenorréia é muito variado, conforme as causas a que se pretende alcançar, mas existe sempre a preocupação de que seja o mínimo necessário para se reduzir os inevitáveis efeitos colaterais que provocam na paciente, incluído até o bloqueio da libido.

12. A menopausa precoce não é motivada pelo uso de recursos terapêuticos hormonais como possa ser pensado ou temido, mesmo porque suas causas são de natureza distinta.

DR. PAULO TALIZIN

CRM PR 7625