Assembleia de Deus - Congregação Cidade Ademar 2 Setor 08 - Ministério do Belém

Rua Doutor Márcio Martins Ferreira, 68
São Paulo, SP.
04405-060

contato@adademar2.com.br

Ouvir música secular é pecado?

24/08/2013 18:02

"Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai." Filipenses 4:8

Ouvir música secular é pecado?Começamos esta narrativa com as seguintes questões:“Podemos curtir música secular?” “Deus se importa com isso?” “É pecado curtir música secular?”

Só para responder essas três perguntas rapidamente:

1. Pode-se curtir música secular. Pode-se fazer qualquer coisa. Pode até ir para o inferno se quiser também (existe vida além do “pode ou não pode”). A questão não é o que se pode fazer, mas sim a consequência destes atos.

2. Claro que Deus se importa com isso.

3. Não, não é pecado curtir música secular. Mas, também, não é pecado atravessar a rua de olhos fechados. Só que isso não é de muita esperteza.

Primeiramente, não queremos firmar rótulos para o que se pode ou não se pode fazer, criando uma aparência de regras e correndo o risco de virar demasiadamente religioso. Cremos ser muito pouco convincente e imatura a atitude de querer colocar regras, o poder ou não  poder, em tudo. Existem muitas coisas nesta vida cristã que podemos fazer que não são muito boas ou não fazem nada por sua vida espiritual, mas, ao mesmo tempo não podemos dizer enfaticamente que são pecados.

Entendemos que a música secular é uma dessas coisas. Curtir a música secular em si não levará ninguém para o inferno. Entretanto, não levará ninguém a ser mais íntimo com o Senhor. Pelo contrário, pode até te fazer esfriar na sua vida espiritual. A pergunta que se deve fazer é: “Por que os filhos de Deus querem curtir um som que não edifica ou glorifica a Deus, enquanto que tem sons feitos por Deus que fazem isso?”

"E que comunhão tem a luz com as trevas?" (2 Coríntios 6:14)

Já se foi comentado que pessoas que dizem que em razão de melhorar o seu talento dado por Deus, precisam curtir música secular. Deus te deu, mas o diabo vai te ajudar a aperfeiçoar. Será que isso faz sentido? É como comparar uma menina querendo assistir Carnaval na televisão para aprender novos passos pra usar na coreografia de sua igreja.

"E que comunhão tem a luz com as trevas?" (2 Coríntios 6:14)

Sabemos que a música foi criada por Deus e não pelo o diabo. No entanto, isso não é uma boa desculpa para se curtir música secular. Na mesma linha de pensamento, o sexo foi criado por Deus e não pelo o diabo. Porém, isso não nos justifica alugar um filme pornográfico. 

É oportuno lembrar-nos do que está escrito em Ez:

“Estiveste no Éden, jardim de Deus; de toda a pedra preciosa era a tua cobertura: sardônica, topázio, diamante, turquesa, ônix, jaspe, safira, carbúnculo, esmeralda e ouro; em ti se faziam os teus tambores e os teus pífaros; no dia em que foste criado foram preparados”. Ezequiel 28:13

Nesta alegoria perfeitamente enquadra-se uma narrativa a qual contem a criação de Lúcifer e um breve relato de sua queda. Mostra este texto que ele é exímio conhecedor de música desde o dia em que ele foi criado. Não podemos ignorar que em tudo ele quer imitar a Deus. Ao desviar a nossa atenção da verdadeira adoração ao nosso Criador, ele atinge o propósito de desvirtuar a santidade divina.

Claro que Deus criou a música e é óbvio que o diabo a perverteu. Isto infere que devo procurar a coisa do jeito que foi criado por Deus e não a perversão. Há uma diferença muito grande.

Se você enche a sua cabeça com as letras de músicas seculares, isto com certeza vai ter efeito na sua vida. Claro que vai. Se você enche um copo com suco de laranja, cheio de suco de laranja será. E se você encher a sua mente com a porcaria do mundo, cheia de porcaria será.

Existe uma história de um menino que ia para a casa do seu coleguinha todo dia para brincar. Depois de um mês, a sua mãe perguntou:

“Como está o seu amigo?”

“Qual amigo?”

“Aquele com quem você brinca todo dia”.

“Ah, ele. Ele não é o meu amigo”.

“Mas, você brinca com ele todo dia. Como vai me dizer que ele não é o seu amigo?”

“Ele não é meu amigo. Eu só gosto dos seus brinquedos.”

“Então, deixe-me entender, você vai para a casa dele todo dia para brincar com ele e os seus brinquedos, mas não gosta dele?”

“É. Mas, sabe, por mais tempo que gasto com ele, mais posso me dar bem com ele.”

E esse daí é o risco de curtir tempo com o diabo. Muitos de nós passamos um bom tempo brincando com os brinquedos dele, mas não o consideramos nosso amigo. Será? Será que não estamos aprendendo a tolerá-lo porque gostamos dos seus brinquedos. Eu não sei, mas não curto tempo com os meus inimigos. Para ver quais são as prioridades de um homem, só tem que prestar atenção aonde ele gasta o seu dinheiro. Para saber quais são os amigos daquele homem, é só prestar atenção com quem ele curte tempo.

"Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus." (Tiago 4:4)

A realidade é seguinte, Deus está levantando uma geração forte, ungida e separada. A força vem Dele. A unção vem Dele. Mas a decisão de se separar do mundo é sua. Você tem que decidir até que ponto quer ir com Ele. Não posso dizer que curtindo música secular vai destruir a sua vida espiritual, mas posso te garantir que não ajudará nem um pouco.

A Palavra de Deus nos adverte:

"E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus." (Romanos 12:2)

"Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?" (2 Coríntios 6:14)

Vamos curtir tempo com a pureza e perfeição e não com a perversão. Vamos ser um povo separado e santo. Vamos ser radicais para que possamos ver resultados radicais. Vamos curtir tempo com Deus e não com o diabo.

Quando uma música secular é criada, ela é criada para glorificar a Deus? Qual o motivo dela? Dar glória a homens ou a Deus?

 

 

A Paz do Senhor a todos.

 

Pb. Maxwell Oliveira